terça-feira, março 01, 2005

 

PARABÉNS Luís Rebelo Gambôa

No mundo do futebol um atleta de nível acima da média dificilmente é bom aluno, e ainda mais raro que concilie; desporto, formação superior, e uma carreira de sucesso. É cedo para o confirmar, mas Luís Rebelo promete fugir a esta regra!
O jovem promissor treinador do mais recente Campeão de S. Miguel foi desde criança atleta do CDSC, tendo pertencido à primeira vaga de atletas do Departamento Futebol Juvenil, origem de vários “pequenos milagres” e muitos títulos, e ainda de um “grande milagre”; a aquisição e construção (o possível) do Complexo Desportivo. Mas “verdadeiro milagre” mesmo – e motivo de orgulho –, é constatar-mos como hoje são homens de sucesso muitos dos putos que por ali passaram!
E para que não se pense que este seu último título foi sorte de principiante, convém deixar aqui registo de outros títulos já ganhos pelo jovem treinador (no futebol ele não gosta de ser chamado professor):
Campeão de S. Miguel e dos Açores em Juvenis (2001/02);
Super Taça em Juvenis (2002/03, ainda antes de ter ido dar aulas para S. Jorge);
Campeão de S. Miguel e dos Açores em Juniores (2003/04).
Se a estes títulos somarmos todos os que, também no CDSC ganhou como atleta, são mais de uma dezena. É obra!
Foi com cinco atletas da sua equipa de juniores entre os habituais titulares que se sagrou Campeão sénior pelo Desportivo de Rabo de Peixe, o segundo clube (depois do “Santo António”) que chega à “Série Açores” com os frutos dos “milagres” do Santa Clara!
Interessante, é descobrir quem foi quase sempre um adversário derrotado por este núcleo de sucesso. Talvez por isso “o milagreiro das facilidades” não tenha descansado enquanto não comprometeu, definitivamente, aquilo que sempre lhe causou tantos engulhos!
Do próprio. In Açoriano Oriental/Cónicas do Aquém



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?