terça-feira, janeiro 25, 2005

 

Métodos eficazes

A cada dia que passa engrossa o número de vítimas de varias situações de falta de segurança pública; furto, roubo, pequeno crime, e até mesmo, incumprimento de algumas das mais elementares regras de trânsito. De cada vez que uma voz mais inconformada se levanta e reclama, a resposta é, certa e sabida:
- Os meios são escassos, blá;blá;blá, etc. e tal!
Porém, está montado um sistema verdadeiramente eficaz de vigilância para as zonas de estacionamento controlado pelos parquímetros. Incrivelmente só para estas, já que é vulgar ver-se, no mesmo giro onde os agentes civis que em regra precedem a passagem dos agentes policiais – deixando uns os avisos para logo os outros deixarem “as dolorosas” –, viaturas também mal estacionadas – linhas amarelas, esquinas, etc. –, que não são sancionadas, presume-se, porque que da infracção não resulta receita que interesse!
“Belo negócio”; a autarquia concessiona o espaço público a uma empresa privada, que, para optimizar a sua actividade, recorre a métodos eficazes, entre os quais, a “subcontratação” de serviços à PSP, transformando policias em subordinados da empresa concessionária.
Reconhecendo a eficácia, intriga-me a dúvida:
- Então porque não se utiliza o mesmo método para questões de maior acuidade e preocupação, como são por exemplo, a cada vez mais grave carência de segurança pública com que somos confrontados quase diariamente?
Do próprio. In Açoriano Oriental/Cónicas do Aquém



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?