domingo, janeiro 22, 2006

 

Deu Cavaco



Nesta noite de "seca", quando - julgo poder antecipar sem grande margem de erro - até mesmo Mário Soares provavelmente irá "cantar vitória", vou apenas repetir algo aqui escrito, ainda "a procissão ia no adro";

Quinta-feira, Novembro 24, 2005
Calado, calado….chega lá!

Hirto, sisudo, tecnocraticamente dizendo nada ou muito pouco, mas tirando todo o partido do muito que os principais adversários vão revelando de si próprios – um autêntico auto-flagelo –, tudo parece indicar que “a esfinge”, afinal, para lá caminha. Mais “mentira” menos “mentira” (as meias verdades são piores que as mentiras), e, ou muito me engano, ou ainda todos veremos Sócrates verdadeiramente feliz. Bem vistas as coisas, é a confirmação – com direito a repetição – de uma vitória ainda recente!

Acreditar no Pai Natal é como o outro, mas fiar-se na “História do Vôvô Natal”, não sendo ingenuidade, só pode ser estratégia!



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?