domingo, agosto 19, 2012

 

Triste sina


Pior do que a “cruzada” (só em democracia já com quase quatro décadas) que desrespeitando a Declaração Universal dos Direitos Humanos continua a criar obstáculos – até constitucionais – à verdadeira “Livre Administração dos Açores pelos Açorianos”, pior ainda do que a actual manifesta tendência para castrar a escassa Autonomia conquistada desde o 25 de Abril para cá, pior do que tudo isso, dizia, só mesmo sermos governados por autênticas marionetes do ultra liberalismo internacional, que, por não existirem outros, apresentam como atributo de valor o facto de serem referidos como os “meninos bonitos” – sim, porque “bom aluno” é outra coisa – da “senhora mestre escola”.

O resultado está à vista. Apenas um ano volvido, são mais que muitas as fragilidades patenteadas por Passos Coelho para entregar a Garcia a carta que tanto prometeu. Como se já não bastasse o recente “estou-me lixando para as eleições”, esgar de verbo que pela oportunidade com que foi usado fez “mossa de tinir”, o homem na “rentrée” continuou desnorteado. Nem parecia que vinha de férias: mais pareceu uma retirada para repouso, por esgotamento!

As contradições começaram com a escolha do local. Passar da praça pública, tão ao gosto dos “relvas/passistas”, para um comício “in-door”, deu bem conta da insegurança das hostes. Também não era para menos: se as contínuas “trapalhadas” de Relvas e o ufano “encher de peito” que estas proporcionam a Portas já inquietavam qualquer um, é imaginar o que não fazem a quem já está fragilizado! Mas contradições a sério, aquelas que vão deixar marcas e serão muito recordadas, foram as em volta dos dois mais fortes “bitaites” daquela noite: “o fim da recessão anunciado já para 2013” e o “fim do regabofe”. O primeiro, mais não foi do que a tentativa de imitação (barata) de Sócrates. Só que em 2008 foi o “ajudante” Teixeira dos Santos o porta-voz e agora – sintomático! – os “ajudantes” tiveram que saltar a terreiro para minimizar os estragos da tirada do chefe. Bom, quanto ao segundo “bitaite”, só pode ter sido um momento de ironia mal conseguido. Fim do regabofe? E o Catorga? E as recentes nomeações na ARS do Norte?

Tenham dó!

A.O. 20/08/2012; “Cá à minha moda" (revisto e acrescentado)





<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?